dom. set 15th, 2019

João Dória se junta aos contrários à manifestação de Domingo (26)

Em entrevista à jornalista Vera Magalhães Governador de São Paulo reforça discurso ecoado pela mídia, pelo MBL e outros grupos que querem classificar o povo como extremista e radical, afirmando que os atos podem não ser pacíficos.

João Dória Júnior (PSDB), governador do Estado de São Paulo, manifestou-se contrário aos atos que ocorrerão no próximo Domingo (26), em apoio às reformas do governo Bolsonaro e outras pautas. Em entrevista concedida à jornalista Vera Magalhães ele disse o seguinte:

Minha posição é contrária à realização dessas manifestações. Respeito quem for aos atos, sobretudo se forem pacíficos, porque se trata de um direito de todos. Mas, como governador de São Paulo, entendo que não é hora de propor o acirramento dos ânimos e, sim, de pregar a responsabilidade com o País e a união de esforços para que possamos superar a grave crise econômica do Brasil“. [grifos nossos].

observamos algumas vezes os movimentos que o político faz visando ganhos futuros -e o principal deles é a própria Presidência da República. Sua equipe é em grande parte composta por ex-membros do Governo de Michel Temer e o atual governador paulista é próximo de membros dos partidos fisiológicos do chamado “centrão”.

Agora, para se descolar e não se manchar com sua base, ele diz que é a favor justamente do que os brasileiros que vão às ruas também são! Todos querem justamente responsabilidade com o país, são ordeiros e pacíficos e contra o acirramento dos ânimos. O problema, tal qual ocorre com o MBL, é que o Governador de São Paulo está com o lado que atrasa o Brasil, o lado do conchavo político, o lado do centrão.

Logo se vê o porquê ele não poderia mesmo apoiar uma manifestação que seja contra esse bloco corrupto e chantagista do Congresso Nacional. Ademais, ele sabe que precisará dessa base política -da qual o PSDB faz parte- para fazer uma forte oposição ao Presidente Jair Bolsonaro daqui a 4 anos.

Com discursos anti PT e a propaganda que não era um político, João Dória enganou bem -a alguns. Esperamos que, com esse movimento, agora, as pessoas acordem.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: