dom. jun 16th, 2019

Rodrigo Maia: “O governo representa uma parte, e o Parlamento tem a representação de toda a sociedade”

Presidente da Câmara continua com o tênue discurso de “apoio” ao Governo e supremacia do Congresso em busca de “consenso”. Isso alimenta a narrativa de um golpe branco parlamentar que anulará Governo Bolsonaro.

Participando de evento da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) nesta Segunda-feira (20), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reforçou o discurso de necessidade na ampliação do diálogo para construção de consensos e defendeu o papel do Parlamento na democracia brasileira.

Como observamos, as falas e ações do Parlamento e do Presidente da Câmara devem suscitar preocupação do brasileiro de bem, que votou pela pauta conservadora, soberanista e anti-corrupção de Jair Bolsonaro. Como observamos, um arranjo pode estar sendo construído para transformar o Presidente da República em títere dos corruptos do Congresso Nacional -apelidados de “centrão” pela grande mídia.

Aqueles que entendem que aquilo que chega ao Parlamento não precisa ser debatido, são aqueles que entendem que apenas uma parte da sociedade tem direito de participar dos debates e da construção das soluções para o nosso País […] O Parlamento serve para isso, para construir textos melhores do que aquele que o Poder Executivo encaminhou, não neste governo, mas em todos. É sempre assim, até porque o governo representa uma parte, e o Parlamento tem a representação de toda a sociedade“, disse o presidente ao participar de evento da Ordem dos Advogados do Brasil, em Brasília.

A fala de Rodrigo Maia vem em boa hora, para ressaltar a importância do cuidado a ser tomado na manifestação do próximo Domingo, porque o discurso de que a pauta é composta por pessoas que querem: fechamento de Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal (STF), entusiastas de um possível autogolpe promovido pelo próprio Bolsonaro e/ou de intervenção militar, intolerantes, antidemocráticos, etc, já está sendo construído em toda a grande mídia e membros da elite política brasileira, como observamos ontem.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: