dom. jul 21st, 2019

Imprensa toda mentiu: Olavo de Carvalho não xingou General Villas Boas

O Filósofo publicou um vídeo e um texto no Facebook onde explica todo o caso e desmascara os detratores, que tentaram destruí-lo em conluio com a imprensa. Se há alguém em quem o Presidente pode confiar, é Olavo de Carvalho.

Nos últimos dias, pipocaram denúncias na mídia acusando o Filósofo de insensibilidade, pois teria atacado o General Villas-Boas, um homem doente e debilitado, em nome de sua trama para colocar nos altos postos do governo seus alunos e chegados.

Porém, hoje (08) pela manhã, o Professor Olavo de Carvalho fez revelações sobre o caso que apontam para uma história bem diferente da contada pela imprensa. Segundo seu relato, ele nunca teria respondido diretamente ao General Villas-Boas, mas feito e enviado uma declaração para os detratores -incluso nisto, o general Alberto Santos Cruz- que a tornaram pública como sendo uma resposta do próprio Olavo a Villas-Boas. Veja a publicação feita pelo Filósofo em seu Facebook:

Em um vídeo, também publicado hoje (08), o velho Professor explica que a trama era fazer com que ele -porquê tem temperamento forte- respondesse ao General adoentado de maneira ríspida e grosseira, xingando-o. Assim, ele poderia ser facilmente atacado pela mídia como insensível para com um cadeirante. Porém, Olavo de Carvalho não respondeu ao General. Assim, eles tiveram de compartilhar a mensagem ‘bronca’ que o Olavo enviou para eles, como se ele a tivesse enviado como resposta para o General Villas-Boas.

A imprensa age para afastar do Governo e do Presidente Jair Bolsonaro as pessoas que o querem bem. E para atrair para o gosto da população justamente as pessoas que querem afundar o Governo e atrapalhar o programa vencedor nas urnas, a vontade de mudança popular expressa nas urnas em Outubro de 2018, mantendo o velho estamento burocrático que domina o Brasil desde a Proclamação da República. Entenda melhor vendo o vídeo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: