qui. maio 23rd, 2019

Apesar de ter população islâmica de somente 7%, ataque no Sri Lanka é ligado a grupo terrorista muçulmano

As explosões coordenadas em três igrejas e quatro hotéis colocam em evidência a perseguição aos cristãos na Ásia, onde governantes têm chegado ao poder enfatizando suas origens étnicas e religiosas.

No último Domingo (21) vários ataques aconteceram no Sri Lanka. Os alvos foram hotéis, igrejas, e embaixadas também estavam na lista de ataques.

Os terroristas se aproveitaram, por ocasião da Páscoa, do fato de as igrejas estarem cheias de fiéis. Em postagem no Instagram, o Pastor evangélico Franklin Ferreira descreveu alguns dados sobre o tema:

Segundo informa o Portal Renova Mídia, sete jihadistas praticaram o ataque e são cidadãos do Sri Lanka, porém pode haver eventuais vínculos da organização com grupos estrangeiros.

Rajitha Senaratne, anunciou nesta segunda-feira (22) que um grupo islamita local, chamado National Thowheeth Jama’ath (NTJ), é o responsável pelo massacre de cristãos neste último domingo (21)”, informou o Portal.

O grupo extremista, que é pouco conhecido, praticou atos de vandalismo contra estátuas budistas no ano passado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: