seg. ago 19th, 2019

Corroborando o discurso Extrema-imprensa, presidente da OAB diz que há milícia digital agindo no Brasil

Felipe Santa Cruz, Presidente da OAB, defende a abertura de inquérito para se investigar a atuação de robôs e redes de calúnias e notícias mentirosas.

O discurso vem sendo adotado pela grande mídia para desqualificar seguidores do Presidente Bolsonaro, Conservadores, Libertários e Monarquistas -estas últimas, páginas que mais crescem desde 2014.

Falando à Folha de São Paulo, ele diz:

“Ela obviamente é articulada, ela tem investimento, utiliza robôs, e ela persegue opiniões que ela não concorda. Isso não é bom para o debate público, isso busca prejudicar a imagem das instituições.”

O crescimento de novos portais e redes de informação alternativos tem gerado preocupação e revolta nos vários setores da imprensa, pois seu poderio tem sido ameaçado -isso envolve muito dinheiro e influência.

A influência é tal que até mesmo o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, tem afirmado que há redes de ataques e designado delegados especializados em crimes digitais para investigações e inquéritos abertos pelo tribunal, sob desculpa de ataques a Ministros do STF.

Não há um só relato de que algum Ministro tenha sido agredido ou insultado nas ruas por incitação de páginas na internet. A cobrança feita por cidadãos de bem -e são os que pagam os salários dos magistrados-, pessoalmente ou via internet, é válida numa Democracia e contemplada pela constituição nos artigos que versam sobre liberdade de expressão e opinião.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: