qua. dez 19th, 2018

Existem momentos em nossas vidas que nos levam a viajar no tempo. Pensamos em quantos acontecimentos nos trouxeram até aqui. Decisões tiveram que ser tomadas por grandes homens e por povos inteiros. Decisões muitas vezes difíceis. Mas, quando a História chama, temos que sair do nosso conforto e ir à luta.

Estamos vivendo um desses momentos sublimes no nosso país. Estamos saindo de uma era – que não irá deixar saudades – e entrando em outra. É um momento de transição. Uma nação inteira se uniu num esforço grandioso para lutar por sua libertação das garras de uma quadrilha e se ver livre de décadas de domínio comunista. O momento chegou, pois a História se move para isso.

Amanhã será um dia que será cantado por muitos séculos. Povo e líder se unem como nunca se viu nos últimos 130 anos em nossa pátria. Pessoas que não costumam votar comparecerão às urnas para confirmarem sua posição. A esperança é o sentimento que domina o país nessa hora. O Capitão Bolsonaro catalisou o momento histórico em sua candidatura. Não foi ele que escolheu isso para si, mas foram os desígnios de Deus. Disse o Apóstolo Bandeirante:

 

Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos!

Romanos 11:33

 

Estamos passando por uma eucatástrofe, como alcunhou J.R.R. Tolkien. Quando parecia que as Trevas iriam vencer, os acontecimentos mudam de forma repentina e o Bem se sai vitorioso. Essa é a beleza do instante que atravessamos: o Bem está vencendo o Mal.

Luiz Philippe de Orleans e Bragança está certo quando diz que os Estados Unidos estavam passando por um momento muito parecido com o Brasil no fim do século XIX. Uma oligarquia terrível dominava aquele país. O Estado estava dominado por agentes que a beneficiava. Mas, as comunidades uniram-se para se defender e elegeram lideranças que as representavam. Entre esses líderes estava Theodore Roosevelt, o fundador do Império Americano. Roosevelt combateu os metacapitalistas, entre os quais estava John Davison Rockefeller, tornando os Estados Unidos uma nação mais justa e próspera.

A janela que foi aberta para o Brasil não é diferente. Grandes líderes estão surgindo no cenário nacional e, pela primeira vez, teremos uma bancada genuinamente conservadora no Congresso Nacional. O presidente Bolsonaro terá, também, o apoio da chamada bancada BBB (boi, bala e Bíblia) que já deixaram de dar suporte ao candidato tucano.

Nós já vencemos essa batalha. Amanhã será o dia de soltar fogos de artifício e sair às ruas para comemorar. O povo não é louco. Mais um governo tucano-petista seria a total ruina do país. O futuro nos aguarda, e tenho certeza de que ele é maravilhoso.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: